Joe Henderson é o homenageado do Sexta Jazz de junho

 

Ministério da Cultura e Aliança Francesa apresentam:

SEXTA JAZZ AF – Especial Joe Henderson

O gigante do jazz Joe Henderson foi um dos maiores improvisadores de saxofone e marcou época com seu som característico e seus poderes de invenção

Ganhador do Grammy, Henderson tocou saxofone com Bill Clinton em sua primeira posse presidencial, adquiriu status de estadista de jazz durante os anos 1990 e morreu de insuficiência cardíaca aos 64 anos. Apesar das maquinações de sua reserva impenetrável e da competição de uma avalanche de brilhantes em seu instrumento – de Sonny Rollins e John Coltrane a Michael Brecker e James Carter – ele foi um dos maiores improvisadores de saxofone de 1960 até o fim dos anos 1990.

 

Joe Henderson foi uma das vozes mais fortes do sax tenor e alcançou grande sucesso no final de sua carreira. Seu jeito de tocar incorpora Blues e Bebop a improvisação modal livre, com uma pitada de anarquismo vanguardista. No entanto, ele também tocou padrões com graça e desenvoltura. A carreira solo de Henderson começou em meados da década de 1960 com uma série de LPs para a Blue Note. Enquanto isso, durante sua temporada como parceiro de Andrew Hill, seu estilo se aproximou da vanguarda enquanto permanecia melódico e elegantemente formulado. Quando o Fusion surgiu nos anos 70, Henderson apareceu como um sideman no Red Clay de Freddie Hubbard e até mesmo trabalhou em Blood, Sweat & Tears! Mais tarde em sua carreira, ele mergulhou nos songbooks de diversos mestres anteriores como Billy Strayhorn, Miles Davis, Antonio Carlos Jobim e Thelonious Monk. Henderson desfrutou de um status de chefão no mundo do jazz até que as complicações do enfisema terminaram sua vida em 2001.

 

/// MÚSICOS:

Tiê Pereira – Contrabaixo

Mauro Borghezan – Bateria

Fábio Melo – Saxofone

Flávio Silva – Guitarra

 

/// SERVIÇO

Sexta Jazz AF – Especial Joe Henderson

8 de junho, 20h

Piso G3 do Iguatemi Florianópolis

Entrada Gratuita

 

/// ACESSIBILIDADE

Recurso de  Audiodescrição via Rádio FM disponível.

Para acessar a audiodescrição o espectador deve levar consigo um smartphone com aplicativo de rádio FM e fones. A frequência é 103.0 FM e só alcança os limites do evento. Não são indicados rádios receptores de FM comuns.

 

Lei de Incentivo à Cultura

Patrocínio: Engie Energia Brasil e Allflex

Apoio: Iguatemi Florianópolis e Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude

Coordenação: Marte Inovação Cultural

Realização: Aliança Francesa de Florianópolis, Ministério da Cultura e Governo Federal